Na última terça feira, dia 27/05, vereadores de Ibitinga votaram contra a redução de vagas para a Câmara Municipal.

A Lei Orgânica do Município de Ibitinga prevê em seu texto original, que a Casa de Leis deveria ter 17 vereadores, porém no ano de 2004, por decisão de um Juiz Eleitoral, esse número caiu para 10.

Assim, as eleições de 2004, 2008, 2012 e 2016 vigoraram com essa decisão, tendo em vista que os vereadores das gestões anteriores não legislaram para resolver esse impasse e normatizar a quantidade correta de cadeiras disponíveis.

Observando essa lacuna, os vereadores Marco Fonseca, Matheus Carreiro, Richard de Rosa, Marlos Mancini e Mira, apresentaram projeto de emenda à Lei Orgânica no intuito de resolver a questão e reduzir o total de vereadores para 9, ao invés de 10 como é atualmente.

Depois de muita discussão a respeito do tema, finalmente a matéria foi votada e a emenda foi derrotada, permanecendo as atuais 10 vagas.

Os vereadores que votaram contra a diminuição da quantidade de vagas foram: Allyni Sartori (SD), Carlinhos da Empresa Cruz (PSB), José Rocha (PSB), Leopoldo (PTB) e Thiago Piotto (Rede).

Se a redução da quantidade de vereadores fosse aprovada, haveria uma economia com salários e encargos na Câmara Municipal de Ibitinga, para a próxima gestão, na ordem de aproximadamente R$ 500.000,00.

Em entrevista, todos os vereadores que defenderam a emenda lamentaram o resultado da votação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome