Há algumas semanas, nossa equipe de reportagem recebeu uma denúncia de um munícipe questionando supostas reuniões oficiais de membros do Governo em um imóvel que supostamente pertence ao Primeiro Cavalheiro, o esposo da prefeita de Ibitinga.

Nossa equipe entrou em contato com a assessoria de comunicação da prefeitura e o retorno foi que as reuniões oficiais da prefeitura, ocorrem na prefeitura.

O imóvel fica localizado a cerca de 100 metros da prefeitura e o denunciante afirma que há um fluxo constante de membros do gabinete da prefeita.

Que reuniões seriam essas? O escritório serve como diretório? Porque o local é supostamente frequentado por membros do governo em horário de expediente?Essas são as questões que precisam de respostas.

Até o fim da reportagem não conseguimos melhores respostas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome