Detido usava o sinal de Internet do vizinho e o colocou sob suspeição

Promissão – Investigadores do Centro de Inteligência Policial (CIP), da Delegacia Seccional de Lins, prenderam nessa sexta-feira (14), em flagrante, em Promissão, um homem acusado de divulgar pornografia infantil na Internet. Apresentado em audiência de custódia, a prisão em flagrante foi convertida em preventiva e ele ficará preso até o julgamento.

A ação ocorreu pela Operação Luz da Infância, que combate crimes de pedofilia. Os policiais cumpriram mandado de busca e apreensão na casa de um homem, morador de Promissão, com o apoio dos investigadores daquela cidade sob o comando dos delegados Alexandre e Thales. Eles encontraram em dispositivo informático conteúdo de pornografia infantil, onde ficaram evidenciados a disponibilização e armazenamento de vídeos envolvendo crianças.

Também ficou esclarecido que o autor utilizava o sinal de Internet clandestinamente de seu vizinho, um advogado, que havia sido apontado como alvo inicial da investigação, sofrendo, inclusive, busca em seu imóvel no dia da operação.

O homem foi preso com base no artigo 241-A do ECA – oferecer, trocar, disponibilizar, transmitir, distribuir, publicar ou divulgar por qualquer meio, inclusive por meio de sistema de informática ou telemático, fotografia, vídeo ou outro registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica com criança ou adolescente. A pena é de 3 a 6 anos de prisão.

Fonte:www.jcnet.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome