Ministério Público de São Paulo, por meio do Grupo de Atuação Especial de Repressão à Formação de Cartel e à Lavagem de Dinheiro e de Recuperação de Ativos (Gedec), cumpriu mandado de prisão contra Marcos Vinícius Vannucchi, ex-corregedor da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo nesta quinta-feira, dia 6. A prisão ocorreu em Itatiba, cidade do interior de São Paulo.

Foram cumpridos ainda nove mandados de busca e apreensão, com apoio da Receita Federal. De acordo com as investigações, Vannucchi é suspeito de cobrar propina de fiscais que eram investigados pela Corregedoria. Ele tinha sido afastado do cargo na última sexta-feira, mas vinha sendo investigado pelo Gedec há cerca de um ano.

Foram sequestrados bens do ex-corregedor. O Gedec afirma que Vannucchi se separou da mulher e passou todo patrimônio para ela. Segundo os promotores, a separação era uma fraude para que ele pudesse “se livrar” do patrimônio ilícito. O ex-corregedor foi preso na casa da ex-mulher. As investigações criminais prosseguem para apurar o esquema de corrupção e de lavagem de dinheiro.

Fonte:www.terra.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome