Caminhonete conduzida pela vítima, atingida no braço e na perna, foi alvo de pelo menos 25 disparos de arma de fogo; o passageiro escapou ileso

Arealva – Comerciante de 36 anos foi alvo de um atentado nesta quinta-feira (30) de manhã quando dirigia sua caminhonete pelo acesso Agostinho Pereira Oliveira, que liga Arealva à rodovia Cezário José de Castilho (SP-321), em Arealva (41 quilômetros de Bauru). O veículo foi atingido por 25 disparos de arma de fogo e o motorista acabou baleado na mão e na perna. Já o passageiro, um autônomo de 31 anos, escapou ileso. O caso é investigado pela Polícia Civil.

Segundo registro policial, a dupla saiu de Arealva e seguia sentido SP-321 na caminhonete Amarok, com placas de Jaú, para comprar uma propriedade rural quando, no trajeto, um carro preto emparelhou com o veículo e os ocupantes passaram a efetuar disparos com armas de fogo. Visualmente, foram constatadas pelo menos 25 perfurações na lataria e nos vidros, mas apenas a perícia poderá precisar a quantidade exata de disparos.

Mesmo baleado no braço e na perna, o comerciante conseguiu dirigir até Iacanga. Na altura do Distrito Industrial, ele avistou uma equipe da Polícia Militar (PM), pediu ajuda e foi levado pelos policiais na viatura até o Pronto-Socorro (PS). Após receber os primeiros atendimentos na unidade, foi transferido para um hospital em Bauru, onde permanece internado. De acordo com a polícia, o comerciante não corre risco de morte.

O caso foi registrado pelo delegado Roberto Cabral Medeiros como tentativa de homicídio. Nessa quinta (30), durante todo o dia, policiais militares e civis realizaram diligências para tentar levantar informações sobre os autores do crime. Até o fechamento desta edição, porém, ninguém havia sido preso.

Fonte:www.jcnet.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome