Os dois estavam em uma moto que foi atingida em Pederneiras por condutor alcoolizado; ele chegou a ser detido, mas teve prisão relaxada pela Justiça

Pederneiras – O adolescente João Gabriel Henrique da Silva, 14 anos, morreu na madrugada desta segunda-feira (10) em decorrência dos ferimentos sofridos em um acidente de trânsito ocorrido neste sábado (8), em Pederneiras (26 quilômetros de Bauru). Ele estava na garupa de uma moto pilotada pelo avô, João Batista Garcia, 56 anos, que foi atingida por um carro conduzido por motorista alcoolizado. Garcia morreu no local. O motorista, de 28 anos, chegou a ser detido, mas foi solto na audiência de custódia.

Conforme divulgado pelo JCNET, avô e neto seguiam em uma Honda CG, placas de Bauru, pela rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-225), no sentido Pederneiras-Bauru, quando, por volta das 21h deste sábado, no quilômetro 216 mais 600 metros, foram atingidos na traseira por um Fox, também de Bauru.

Garcia não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Em estado gravíssimo, João Gabriel foi socorrido por equipes de emergência e encaminhado à Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital das Clínicas (HC) de Botucatu. Nesta segunda-feira (10) de madrugada, ele acabou não resistindo. A morte foi confirmada às 3h27. O corpo do adolescente será sepultado nesta terça-feira (11), às 11h, no Cemitério Jardim dos Lírios.

ALCOOLIZADO

O condutor do carro, de 28 anos (o nome não foi divulgado pela Polícia Militar Rodoviária), foi submetido ao teste do etilômetro (bafômetro), que apontou presença de 0,27 miligramas de álcool por litro de ar expelido dos pulmões. Levado à delegacia de Pederneiras, ele acabou autuado em flagrante pelo artigo 302 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), que versa sobre homicídio na direção de veículo automotor.

De acordo com informações da Polícia Civil, na audiência de custódia, a Justiça decidiu pelo relaxamento da prisão do motorista, uma vez que ele não tinha passagens anteriores e que o teor de álcool não ultrapassou o limite de 0,35 miligramas de álcool por litro de ar expelido dos pulmões para que o crime de trânsito ficasse configurado.

OUTRA MORTE

Também no sábado (8), Felipe Lovatti Martins, de 22 anos, morreu após colidir sua motocicleta Honda Bros, contra um poste de iluminação pública na avenida Tiradentes, em Santa Cruz do Rio Pardo (90 quilômetros de Bauru).

O jovem foi encontrado por testemunha caído no canteiro central da via, imóvel e inconsciente, ao lado da moto. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionado, mas constatou a morte ainda no local.

www.jcnet.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário.
Por favor, digite seu nome